Nº 291 - ANO 21 - DEZEMBRO DE 2007
 
Argentina suspende as exportações de trigo
 
O presidente argentino, Néstor Kirchner, anunciou, no dia 28 de novembro, a suspensão por cinco dias úteis dos registros de exportação de trigo. A Secretaria da Agricultura daquele país informou que a medida foi tomada para avaliar possíveis quedas na produtividade da cultura, atingida por geadas. O objetivo é evitar uma alta na cotação do cereal no mercado interno, impedir uma escalada nos preços da farinha e do pão e o desabastecimento. Os registros haviam sido reabertos 15 dias antes do anúncio da suspensão, logo após as eleições.
A colheita do trigo no Rio Grande do Sul se encaminha para o fim e deve ser encerrada na primeira semana de dezembro. O RS deve produzir em torno de 1,5 milhão de toneladas, mas o consumo não ultrapassa 850 mil toneladas, resultado em excesso de oferta.
No início de dezembro, acontece reunião da Câmara Setorial Nacional do Trigo, em Brasília, para avaliação dos mercados nacional e internacional e debater as medidas de apoio à comercialização do cereal. “Já foi solicitado pela Farsul e vamos insistir junto à União para que aloque valores para AGF, com o objetivo de recompor os estoques do governo e enxugar o mercado”, informou o presidente da Comissão de Trigo da Farsul, Hamilton Guterres Jardim.
voltar