Nº 293 - ANO 22 - FEVEREIRO DE 2008
 
Deputado Alceu Moreira apresenta projeto de gestão da AL à diretoria da Farsul
 
Foto: Divulgação Farsul  
Clique para ampliar
Sperotto (D) avaliou positivamente projeto do deputado
O deputado Alceu Moreira (PMDB), futuro presidente da Assembléia Legislativa (AL), apresentou, no dia 18 de janeiro, na sede da Farsul, o projeto que pretende pôr em prática durante seu mandato à frente do Legislativo. O programa, intitulado Sociedade Convergente, que tem por objetivo fazer um fórum democrático capaz de gerar soluções para problemas históricos do Rio Grande do Sul. Segundo Alceu Moreira, o fórum deve reunir segmentos antagônicos da sociedade para que, de forma convergente, construam soluções.
O projeto prevê que será feita pesquisa de opinião em nove regiões do Estado, a cada três meses, a fim de averiguar o que a população pensa sobre os serviços públicos prestados pelo município, Estado e União. “A população que tem que pautar o debate no parlamento, não a primeira página do jornal”, destacou. O trabalho levará em conta o estudo Pacto pelo Rio Grande, elaborado pela Assembléia Legislativa. Na opinião do deputado, o trabalho detalha os problemas do Estado, mas nunca foram tomadas medidas para solucioná-los.
O presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, avaliou positivamente a iniciativa de Moreira e comentou que a oportunidade de ouvir o parlamentar apresentar o projeto de ação antes de assumir a presidência da AL vem ao encontro das diretrizes da federação. “Acreditamos que o deputado dará um passo significativo quando abrir a AL para a apresentação de conhecimentos e que estes sirvam de embasamento para os parlamentares atuarem”, afirmou.
O deputado Alceu Moreira da Silva nasceu em 4 de junho de 1954, no município de Terra de Areia. Há 30 anos faz política partidária. Foi vereador pelo PMDB de 1983 a 1988, vice-prefeito de Osório, de 1993 a 1996, e eleito prefeito municipal de Osório para o mandato de 1997 a 2000. De 1998 a 1999, foi presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte), sendo reeleito para o período 1999/2000. Neste mesmo período, também, exerceu o cargo de presidente da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Nas eleições de 2000, foi reeleito prefeito de Osório para o mandato 2001/2004. Em 2002, renunciou ao cargo para concorrer a deputado estadual, quando foi eleito com 45 mil votos. Aceitando ao convite do governador Germano Rigotto, assumiu a Secretaria Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano, durante o período de janeiro de 2003 a abril de 2006, quando retomou sua cadeira na Assembléia Legislativa. Em 2006 reelegeu-se deputado estadual com a maior votação do PMDB para o cargo, 61.253 votos.
voltar