Nº 341 - ANO 26 - FEVEREIRO DE 2012
 
Senar-RS avalia seus cursos com entrevistas no meio rural
 
Com a finalidade de avaliar a satisfação do público e o impacto dos cursos e programas profissionalizantes realizados pelo Senar-RS no Estado, a entidade começa no mês de fevereiro uma pesquisa de avaliação de desempenho entre os egressos dos cursos e empregadores em 10 municípios gaúchos.
Os pesquisadores do SADES – Sistema de Avaliação de Desempenho, aplicarão questionários em Rio Grande, Pelotas, Camaquã, Três de Maio, Alegrete, São Sepé, Palmeira das Missões, Ijuí, Bagé e Mostardas. Serão entrevistas com 300 pessoas que participaram de cursos e programas oferecidos pelo Senar-RS. Também será feita uma avaliação com empregadores rurais gaúchos. “São perguntas diretas e simples que auxiliam em melhorias como um todo nas atividades do Senar”, explica o coordenador de Promoção Social, Umberto de Moraes.
O trabalho vai medir o impacto social, cultural e profissional causado pelas ações do Senar-RS no meio rural e também o nível de aprovação das ações em relação ao atendimento das necessidades de capacitação no campo, além do percentual desta capacitação na realização do crescimento do mercado e do agronegócio.
A pesquisa está sendo feita em todos os estados brasileiros, totalizando mais de 7 mil entrevistas e terá os resultados divulgados ainda no primeiro semestre de 2012. A avaliação é realizada pelo Senar a cada três anos. Por meio dela foi comprovado que, além de adquirir maior conhecimento na sua área atuante, os produtores apresentaram maior segurança e comprometimento ao efetuar suas atividades do campo, além de melhorarem o relacionamento familiar e em comunidade.
voltar