Nº 345 - ANO 26 - JUNHO DE 2012
 
Preços do arroz em casca mantêm alta
 
Os preços do arroz em casca mantiveram trajetória ascendente em maio, encerrando o mês cotados a R$ 28,53, a saca, segundo o indicador Cepa/Esalq. A cotação atual é quase 50% maior do que a registrada há um ano. “As exportações estão sustentando o preço em alta em plena safra. Os estoques estão sendo enxugados também pela redução de 15% na safra gaúcha devido à diminuição de área e à seca. Hoje, o mercado é comprador e o produtor pode vender conforme a necessidade”, analisou o presidente da Comissão de Arroz da Farsul e da Câmara Setorial Nacional do Arroz, Francisco Schardong.
A Câmara se reuniu no início de maio, em encontro que teve a presença da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) e dos deputados federais Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Jerônimo Göergen (PP-RS). Com os parlamentares, foram discutidos assuntos de interesse da cadeia que tramitam no Congresso, como o pedido de retorno do PIS-COFINS no arroz importado e maior rigor sanitário no grão que vem de fora. Representantes do Inmetro ainda apresentaram detalhes da fiscalização das embalagens e do peso do arroz, e técnicos do Ministério da Agricultura esclareceram dúvidas sobre o seguro agrícola e pagamento do PEP referente a operações de 2011.
A estabilidade de preços do arroz, após o longo período de crise que deixou o setor endividado, permitiu uma retomada gradual de investimentos. A Fenarroz 2012, realizada em Cachoeira do Sul em maio, registrou negócios de cerca de R$ 200 milhões, segundo a organização.
voltar