Nº 379 - ANO 29 - ABRIL DE 2015
 
Sistema Farsul marca presença na Expodireto e Expoagro
 
O Sistema Farsul marcou presença na Expodireto Cotrijal e na Expoagro Afubra, duas das maiores feiras do Estado que ocorreram em março. Além do sucesso de público e vendas, sobraram debates e lançamentos nos dois eventos.
Presente no evento de Não-Me-Toque, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, confirmou que o próximo Plano Safra trará aumento nas taxas de juros. Os financiamentos de custeio para agricultura empresarial devem ter taxas elevadas de 6,5% para cerca de 8%. O motivo é a alta na taxa básica, a Selic. "Essa questão da alta dos juros já foi assimilada pela agricultura, porque atingiu todos os setores. Onera, mas já convivemos com taxas bem maiores. O que nos ajuda a dar estabilidade é a alta na nossa capacidade de produção", afirmou o presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto.
O dirigente ainda entregou para Kátia Abreu o documento com o projeto de otimização do Superporto de Rio Grande, iniciado pela Farsul e operadores portuários e que vem sendo negociado junto aos governos estadual e federal. "Esperamos concluir o trabalho até o final de novembro", afirmou Sperotto.
O dirigente prestigiou diversos eventos ao longo da Expodireto Cotrijal, como a cerimônia de abertura e a audiência pública do Senado Federal, que discutiu o emplacamento de máquinas agrícolas. O presidente também participou da 1ª edição do Encontro de Líderes do Agronegócio, promovido pelo Sindicato Rural de Carazinho. Logística, CAR e Tarifa Externa Comum (TEC) do trigo foram alguns dos assuntos abordados por Sperotto junto aos produtores.
Ainda na Expodireto, o presidente da Farsul e o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, participaram do lançamento do 3º Congresso Sul-Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas (APSUL América), que ocorre a cada dois anos. Houve tempo ainda para uma reunião de última hora, convocada pelo ex-ministro da Agricultura Francisco Turra, com o objetivo de discutir estratégias para agregar valor ao produto agropecuário gaúcho.
A Expodireto Cotrijal teve mais de R$ 2,1 bilhões em negócios - uma queda de 32% em relação à última edição. No entanto, o presidente da Cotrijal, Nei Mânica, se mostrou satisfeito. "Dentro do cenário atual do país, em que vivemos um cenário político complicado, um cenário econômico difícil, com inflação, taxas de juros elevadas, redução de crédito, o dólar disparando, nós acreditamos que os números são muito positivos", declarou.

Expoagro
A agenda dos dirigentes do Sistema Farsul também foi cheia durante a 15ª Expoagro Afubra, feira de Rio Pardo que aconteceu entre 24 e 26 de março. As regionais 5 e 9 aproveitaram o momento para discutir pautas do setor com a Federação. O encontro contou com a presença do presidente da Farsul e dos diretores Francisco Schardong e Jorge Rodrigues. O gerente da Casa Rural, José Alcindo de Souza Ávila, levou técnicos para apresentar um plano de saúde que em breve estará disponível aos produtores do Estado. O vice-presidente da Farsul, Gedeão Pereira, também esteve na Expoagro.
A edição de 2015 da feira contou com 400 expositores e recebeu 84 mil visitantes em seus três dias. No setor das agroindústrias, houve movimentação de R$ 547,4 mil.

Senar-RS
As mais de 300 mil pessoas que passaram por Expodireto e Expoagro puderam conhecer algumas das ações do Senar-RS no Estado. Uma delas foi a oficina sobre o preenchimento do CAR: o estande teve dois terminais de atendimento com imagens com multimídia digital - mesa com tela interativa, na qual são mostradas imagens de satélite de propriedades rurais com diferentes classificações do uso do solo segundo o novo Código Florestal.
Além disso o Juntos Para Competir, parceria entre Farsul, Senar-RS e Sebrae-RS, apresentou em ambas as feiras a Vitrine do Leite, em que mostra a cadeia do setor desde a propriedade rural até o consumidor, por meio de vídeos. A iniciativa tem apoio do Sindilat e Fundesa. Outro destaque foi o lançamento de quatro cursos novos do Senar-RS, que trata da segurança de trabalhadores rurais ao executarem trabalhos em altura, com inflamáveis e em espaços confinados.
Apenas na Expodireto, a entidade lançou o Programa Campo e Saúde, que vai orientar 10 mil produtores rurais sobre cuidados com a exposição solar no trabalho e a aplicação de defensivos agrícolas. Em parceria com a Cotrijal, promoveu ainda oficinas de Material Reciclável, onde instrutores explicaram como reutilizar garrafas PET, vidro, tecidos, embalagens diversas e até cascas e sementes para criar brinquedos e materiais úteis e decorativos através de técnicas de recorte, dobradura e colagem. No mesmo espaço, os bonecos Agrinho e Aninha divulgaram a nova edição do programa, que terá como tema o meio ambiente.
voltar