Nº 402 - ANO 31 - MARÇO DE 2017
 
Preço do leite sobe em fevereiro
 
O valor de referência pelo litro de leite deve apresentar a primeira alta em sete meses no Rio Grande do Sul. Dados divulgados pelo Conseleite, após reunião em 21 de fevereiro, na sede da Farsul, indicam alta de 6,27%, levando em conta o valor projetado de R$ 1,0034 para o mês em comparação com o consolidado de janeiro, de R$ 0,9442. Com isso, o preço de referência do produto volta à casa de R$ 1, puxado pela alta do leite UHT (6,15%) e do leite em pó (9%).
O presidente da Comissão do Leite da Farsul, Jorge Rodrigues, avalia que o resultado devolve ânimo aos produtores, uma vez que os valores anunciados servem como balizadores do mercado e trazem sinais de recuperação de consumo - o que é tradicional nesta época do ano, com a volta às aulas e o fim da temporada de veraneio. No entanto, salienta que a evolução dos indicadores não tem acompanhado a receita da atividade no campo, por conta das altas nos custos de produção que o produtor enfrenta nos últimos meses. Por conta disso, a produção leiteira inclusive estaria perdendo espaço para a soja, que ofereceria maior rentabilidade, conforme Rodrigues. A falta de mão de obra qualificada seria um dos agravantes do cenário.
A reunião mais recente do Conseleite ainda colocou em pauta o problema das altas temperaturas nos tambos e o impacto na qualidade do leite. O representante da Fetag-RS, Márcio Langer, conta que o calor de mais de 36ºC afeta diretamente a produção gaúcha, uma vez que eleva a acidez das cargas e, na outra ponta da cadeia, causa rejeição por parte da indústria. O setor discute ajustes nos padrões do Regulamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Riispoa) para garantir o aproveitamento em casos esporádicos. Ofício pedindo revisão da questão deverá ser encaminhado pelo grupo ao Ministério da Agricultura nos próximos dias. O assunto volta à tona no próximo encontro da Aliança Láctea Sul Brasileira - fórum permanente que inclui produtores, indústrias e poder público de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná -, no dia 17 de março.
voltar