Jornal em Formato HTML
 
Nº 417 - ANO 32 - JUNHO DE 2018
 
Gedeão Pereira assume presidência do Sebrae/RS
 
O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, é o novo presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/RS. A eleição seguida de posse ocorreu em 20 de fevereiro, durante reunião extraordinária na sede da organização, em Porto Alegre. Ele assume o cargo até o final do ano, cumprindo a terceira gestão de Carlos Sperotto, falecido em dezembro.
Após o encontro, Gedeão disse estar honrado ao assumir o posto deixado pelo líder ruralista e amigo pessoal, além de destacar a importância dos pequenos negócios para o Estado, que apresenta 450 mil microempreendedores individuais (MEI), 300 mil microempresas e 92 mil empresas de pequeno porte. “São esses milhares de empreendedores que promovem o crescimento do nosso Estado, e é para eles que nós trabalharemos com afinco até o fim desta gestão”. Para ele, a escolha reflete ainda a união das federações empresariais, que quiseram que a Farsul cumprisse o mandato que lhe cabe.
O dirigente também adianta que o mandato será uma extensão da gestão de Sperotto e seguirá as orientação implementadas pelo ex-presidente. A diretoria executiva do Sebrae/RS, por exemplo, permanecerá a mesma. Ela é formada pelo diretor-superintendente, Derly Fialho; o diretor técnico, Ayrton Ramos; e o diretor de administração e finanças, Carlos Schütz. “É uma diretoria altamente capacitada para dar atenção aos assuntos de interesse das micro e pequenas empresas.”
Porém, o ano de 2018 também promete novidades, como o início de um estudo de implementação de programa similar ao Juntos para Competir (JPC) voltado aos setores de indústria, comércio e serviços. O JPC é uma parceria entre Farsul, Senar-RS e Sebrae/RS para o desenvolvimento das cadeias produtivas do agronegócio gaúcho e teve a participação de mais de 3,2 mil produtores rurais em 31 projetos coletivos no ano passado.
Relatório de atividades do programa informa que “o esforço perseguido pela equipe de trabalho do JPC é traduzido por meio das ações”, destacando as 84,8 mil horas em consultorias, 177 cursos, 905 palestras, oficinas, seminários, mini-cursos e dias de campo, além de 305 acessos a eventos como feiras, rodadas de negócios, missões e visitas técnicas.
Ao final do ano, ocorrerá nova eleição no Sebrae/RS, para o quadriênio 2019-2022. O cargo deve ficar com Gilberto Petry, da Fiergs, seguindo o acordo informal entre os dirigentes para rodízio dos setores da agropecuária, indústria e comércio e serviços à frente da entidade.
voltar