Jornal em Formato HTML
 
Nº 416 - ANO 32 - MAIO DE 2018
 
Etapa de vacinação contra a febre aftosa ocorre em maio
 
A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa do ano no Estado está em curso e vai até 31 de maio. Todos o rebanho de bovinos e búfalos gaúcho, estimado em 13,8 milhões de animais, deve ser vacinado. O Sistema Farsul reafirma a importância de aplicar as doses, de modo a contribuir para a manutenção do status de zona livre de febre aftosa com vacinação, que garante o acesso a mercados, além de evitar graves problemas sanitários.
De acordo com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), as doses devem ser adquiridas em qualquer casa agropecuária credenciada pelo serviço veterinário oficial, cuja lista consta no site da entidade. Além disso, também é imprescindível a comprovação da etapa por parte dos proprietários nas inspetorias de defesa agropecuária, em até cinco dias após o prazo final. Também é importante observar as condições de conservação dos materiais, em temperatura de 2ºC a 8ºC, e de aplicação da mesma.
A expectativa é de que a campanha alcance ao menos 90% do rebanho total estimado. Em maio do ano passado, a cobertura foi de 98,9%, enquanto em novembro foi de 97,5%. “Dados próximos a 100% são sempre o objetivo do programa”, afirma o médico veterinário do Departamento de Defesa Agropecuária Marcelo Göcks. “A vacina é uma medida importante que deve ser lembrada duas vezes ao ano”, destaca o presidente do Fundesa, Rogério Kerber.
O ato oficial que marcou o início da campanha de imunização aconteceu em 2 de maio, no município de Barra do Ribeiro, com a presença do titular da Secretaria, Odacir Klein, e do diretor administrativo da Farsul, Francisco Schardong. O local escolhido foi a fazenda do produtor Selito Carboni.
voltar