Jornal em Formato HTML
 
Nº 418 - ANO 32 - JULHO DE 2018
 
Plano de saúde a produtores ganha adesão no RS
 
O produtor gaúcho que está junto do sindicato rural de sua região, além de apoiar a representatividade, também conta com oportunidades interessantes de negócio. Uma delas é a contratação de um plano de saúde para a família, com atendimento em todo o Estado e a preços competitivos. O produto é oferecido por meio de uma parceria entre a Casa Rural - Centro do Agronegócio e a Unimed Federação - Rio Grande do Sul. Atualmente, 50 sindicatos estão habilitados para encaminhar os contratos, e centenas de pessoas já garantiram segurança no atendimento médico.
No início de junho, foi a vez do presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, e do vice-presidente da entidade, Elmar Konrad, investirem no produto. “Fiz uma pesquisa e, de fato, era a melhor opção, com o bônus de ajudar a fortalecer o sistema sindical. Acima de tudo, é um serviço que traz segurança a mim e à minha família. E segurança sempre é importante no meio rural”, afirmou Gedeão, que contratou o plano de saúde para ele, a esposa, o filho e o neto. Já Konrad aderiu junto com a esposa e o filho: “Considero um produto essencial, que faz falta no momento de necessidade”. Os planos começaram a valer em 1º de julho.
Conforme o representante da corretora AM Brokers, Gustavo Mardini, o plano de saúde está disponível a todo produtor vinculado aos sindicatos rurais que compõem a Farsul, sendo possível incluir cônjuge, filhos de até 38 anos e netos de até 24 anos. O investimento é a partir de R$ 199,00, valor que muda conforme intervalo de idade, com base em tabela da operadora e orientação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O maior diferencial é o atendimento garantido em toda a rede Unimed do Rio Grande do Sul, com acomodação semi-privativa.
A operação acontece desde março de 2016, quando entrou em vigência o contrato firmado por um produtor de Santa Maria. Aos sindicatos que ainda não estão habilitados, basta uma comunicação formal por e-mail, junto à Casa Rural. Parte do valor retorna ao sindicato, como forma de incentivar a adesão no Estado.
voltar