Jornal em Formato HTML
 
Nº 421 - ANO 32 - OUTUBRO DE 2018
 
Antes e depois: livro resgata história da agropecuária
 
O escritor, ex-patrono da Feira do Livro de Porto Alegre e membro da Academia Rio-Grandense de Letras Alcy Cheuiche lançou, na 41ª Expointer, o livro “Agropecuária: vocação rio-grandense de todos os tempos”, dia 25 de agosto, em parceria com o Sistema Farsul. A obra resgata a trajetória do setor agropecuário, valorizando o trabalho de milhares de pessoas do campo, responsáveis pelo desenvolvimento gaúcho, comparando o passado aos dias atuais.
O lançamento contou com diversas autoridades, lideranças do setor e produtores rurais na Casa da Farsul em Esteio. Diante de auditório lotado, Cheuiche não escondeu a satisfação em mostrar a versão final do livro, após anos de produção. “Acho que devemos valorizar tudo o que tem sabor de terra”, disse ele. A obra apresenta 304 páginas de pesquisa apurada, com fotos e documentos históricos, e alia versão simultânea em espanhol, uma homenagem aos países do Prata.
O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, destacou a importância da obra. “O povo não vai para frente se não olhar um pouco o seu passado”, disse ele. Fazendo coro ao dirigente, o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, afirmou que o livro será bastante útil para jovens e estudantes. “Vamos distribuir para as escolas rurais”, prometeu. A tiragem inicial foi de 3 mil exemplares.
Representando o governo estadual, o secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Odacir Klein, cumprimentou o autor pela contribuição literária. “O livro é de extrema importância, porque ele consegue transformar o passado no presente, consegue trazer fatos históricos para os dias de hoje”.
A obra também presta homenagem a lideranças da Farsul que se destacaram na defesa e no desenvolvimento do agronegócio gaúcho: os ex-presidentes Luiz Fernando Cirne Lima, Ary Faria Marimon, Hugo Paz, Carlos Sperotto e Flor Amaral, além do atual líder da entidade, Gedeão Pereira. Cheuiche entregou exemplares a familiares de Sperotto, Marimon e Cirne Lima. Amaral compareceu à cerimônia.
voltar