Jornal em Formato HTML
 
Nº 421 - ANO 32 - OUTUBRO DE 2018
 
Senar-RS conclui alfabetização de 1,7 mil pessoas
 
O programa Alfa, do Senar-RS, alfabetizou 1,7 mil pessoas do meio rural gaúcho em 2018. As atividades de encerramento de 112 turmas deste ano aconteceram entre os dias 27 de setembro e 5 de outubro. Os alunos agora se preparam para acessar cursos e treinamentos diversos oferecidos no interior do Estado pela entidade, completando o ciclo de profissionalização, qualificação de mão de obra e geração de renda que está por trás de todo o investimento da ação.
Ao final de mais uma edição do Alfa, a 19ª de sua história, o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, comemora os resultados, destacando a importância da ação para milhares de famílias gaúchas. “Para nós, o programa de alfabetização é o mais importante na área social, porque não funciona isolado: ele obrigatoriamente deságua na formação profissional rural. Saber ler, escrever e interpretar é o primeiro passo”, conta o dirigente.
Neste ano, as aulas tiveram início em 23 de abril. A metodologia foi aquela inaugurada no ano passado, que combina três módulos e leva em conta tanto aspectos pedagógicos, quanto a experiência e as particularidades de cada região. Os temas, em sequência, são “Identidade e diversidade cultural”, “As sociedades e o meio ambiente” e “Trabalho cotidiano”. Com a finalização dos trabalhos, os alunos são estimulados a participar de treinamentos técnicos junto ao Senar-RS, que têm como pré-requisito a alfabetização.
Além das aulas, a edição também ficou marcada por atividades inclusivas paralelas para algumas turmas. Um exemplo foi a visita de turma de Santo Antônio da Patrulha à 41ª Expointer, em Esteio. Também há relatos de visitas a exposições regionais - foi o caso dos quatro grupos de Camaquã e região, já no encerramento do Alfa. O Senar-RS já alfabetizou mais de 30 mil pessoas no Rio Grande do Sul.
voltar