Jornal em Formato HTML
 
Nº 421 - ANO 32 - OUTUBRO DE 2018
 
Quadro de Carlos Sperotto na galeria de ex-presidentes
 
Carlos Rivaci Sperotto está devidamente representado na galeria dos ex-presidentes da Farsul. Falecido em dezembro do ano passado, aos 79 anos, depois de liderar a entidade por duas décadas, teve quadro inaugurado em 1º de outubro, no auditório da Federação, em Porto Alegre, abrindo assembleia do Conselho de Representantes. O momento, carregado de emoção, repetiu a cena do velório do dirigente meses atrás, no mesmo local, quando uma intensa salva de palmas ocorreu por longos segundos.
O descerramento do quadro foi realizado pela atual diretoria executiva da Farsul, pela esposa de Sperotto, Mariana, e pelos filhos Marlova, Carlos Eduardo, Alexandre e Rafael, além do ex-presidente da Farsul Flor Amaral.
Pela família, Carlos Eduardo foi quem falou ao auditório, lotado de representantes de sindicatos, diretores e funcionários do Sistema Farsul. Ele disse que o pai dedicou boa parte da vida, do empenho e da capacidade para construir um caminho para a Farsul e o agronegócio brasileiro, sem fugir de qualquer peleia. “Temos orgulho de ter dividido essa figura com vocês, a quem ele também considerava parte da família”, afirmou ele.
O atual presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, ressaltou o local de destaque que o quadro recebeu (no centro de um losango, seguindo a linha sucessória na parede lateral), que assim simboliza a importância do presidente mais longevo da entidade. “Dizer quem foi Carlos Sperotto é redundante. Ele dedicou a sua vida à defesa do produtor rural do Rio Grande do Sul, do Brasil e até de fora do país, pela grandiosidade de sua liderança”, lembrou Gedeão. “Daqui para frente, estaremos sempre com a presença dele”.
A assembleia, que aconteceu à tarde, teve apresentação do programa Deriva Zero, do Senar-RS, pelo chefe da Divisão Técnica da entidade, João Augusto Telles, e pelo assessor técnico do Sistema Farsul Eduardo Condorelli. A pauta seguiu com o Plano Anual de Trabalho do Senar-RS e assuntos gerais, tendo sido dedicado minuto de silêncio pela morte de Ipenor Zanella, ex-presidente do Sindicato Rural de Paim Filho e ex-diretor da Federação.
voltar