Jornal em Formato HTML
 
Nº 422 - ANO 32 - NOVEMBRO DE 2018
 
Ovinos ganham destaque na temporada de primavera
 
Abaixo dos seus melhores anos na comercialização do gado de corte - apesar da qualidade genética e liquidez do segmento - as exposições gaúchas de primavera vem surpreendendo mesmo pelas vendas da ovinocultura. Feiras recentes em municípios como Cachoeira do Sul, São Sepé, Caçapava do Sul, Bossoroca e Uruguaiana mostraram um mercado aquecido para os carneiros, principalmente os de lã.
“Isso mostra a recuperação do setor, não tanto em números gerais (o rebanho gaúcho já foi de 13 milhões de cabeças na década de 1980), mas principalmente em genética, sanidade e boa comercialização”, afirma o presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Farsul, Francisco Schardong.
A média do quilo vivo de cordeiro no Estado, conforme a Emater/RS, era de R$ 6,33 em 1º de novembro, cerca de 7,8% acima da média histórica no mesmo período. Quanto à lã, o quilo do tipo mais valorizado, de merino australiano, era cotado a R$29 em Alegrete, no final de outubro, conforme levantamento da associação e sindicato rural. Ideal e corriedale eram vendidas a R$ 21 e R$ 10, respectivamente.
O cenário gera expectativa para o calendário de verão no Estado, quando acontecem as principais feiras dedicadas ao segmento, entre elas a Feovelha, de Pinheiro Machado, e a Agrovino, de Bagé. Nos últimos anos, justamente por conta da estagnação na comercialização de animais, eventos do gênero foram reduzidos no Estado ou nem saíram.
Sobre a movimentação da temporada para a bovinocultura de corte, Schardong destaca que foi mantida a tendência de pista limpa nos remates do interior, beneficiados pelos lances de compradores de fora do Estado. A impressão sobre os preços, por outro lado, é que não empolgam, mas são vistos como dentro da realidade econômica ao qual à pecuária está inserida. Pelo menos 12 exposições de primavera ainda terão remates entre novembro e primeira semana de dezembro, segundo calendário oficial da Secretaria da Agricultura do Estado.
voltar