Jornal em Formato HTML
 
Nº 426 - ANO 33 - MARÇO DE 2019
 
Farsul presta homenagem a produtores que deixam a diretoria
 
A última assembleia do Conselho de Representantes da Farsul em 2018, realizada dia 26 de novembro, em Porto Alegre, teve aprovação unânime das contas da entidade referentes ao exercício de 2018. O encontro ficou marcado, porém, por emocionante homenagem aos produtores que deixam a diretoria da Federação da Agricultura do Estado no triênio 2019-2021.
Vilson Turchetti (Jaguari), Pedro Piffero (Alegrete), Mauro Flores (Candelária), Jorge Rodrigues (Santo Augusto), Julio Silveira Filho (Uruguaiana), Jaime Stefanello (Fortaleza dos Valos) e Vasco Miranda (Santo Antônio das Missões) receberam placas com mensagem de agradecimento pelo empenho e dedicação na defesa dos interesses da agropecuária gaúcha enquanto diretores da Farsul, mais antiga federação estadual da agricultura do país.
Ao lado da nova diretoria executiva, o presidente Gedeão Pereira reconheceu que é sempre difícil fazer mudanças, mas que é um processo natural que já vinha acontecendo nas últimas gestões e contribui para o surgimento de novas lideranças. “Dói na alma quando amigos nos deixam. São grandes companheiros que lutaram por essa casa quando foi mais necessário. Quero deixar o profundo agradecimento pelo período que estiveram conosco”, disse Gedeão. Destacou ainda que os diretores “não ficarão em casa”, pois conta com eles no processo de regulamentação e reativação das comissões temáticas, a partir de janeiro de 2019. “Não podemos nos dar ao luxo de perder essa experiência.”
Alguns dos homenageados fizeram breve discurso, em que ressaltaram o aprendizado adquirido nos anos que compuseram a diretoria da Farsul e lembraram momentos e conquistas. Miranda disse que os anos de vivência “foram uma escola”. Rodrigues ressaltou a importância e a legitimidade do sistema sindical, que acumulou uma “bagagem de conquistas” nos últimos 20 anos. “Muitas batalhas foram travadas, e vencemos a maioria delas. Para nós é uma satisfação e um aprendizado muito grande”, afirmou. Stefanello desejou “uma nova história” de sucesso à diretoria, enquanto os que deixam o grupo continuam trabalhando pelo desenvolvimento econômico e social nas bases. “Obrigado pela oportunidade”, resumiu Turchetti. Flores agradeceu a colaboração dos colegas no trabalho e deixou o palco emocionado.
voltar