Jornal em Formato HTML
 
Nº 433 - ANO 33 - OUTUBRO DE 2019
 
Sistema Farsul lança revista com história do Fórum Permanente do Agronegócio
 
A história das 100 primeiras etapas do Fórum Permanente do Agronegócio, completadas em junho deste ano, está contada em uma publicação lançada em 28 de agosto, na Casa da Farsul em Esteio, durante a Expointer 2019. A iniciativa congrega uma série de debates realizados pelo Sistema Farsul no Estado desde 2003, quando a entidade promoveu o 1º Seminário Internacional sobre Organismos Geneticamente Modificados, em Porto Alegre, em meio à polêmica da introdução de sementes transgênicas no campo.
Desde então, a entidade utilizou a marca para abordar diferentes assuntos relevantes junto aos produtores gaúchos. Tratou da transformação no cultivo da soja nas Metades Norte e Sul, avaliou as condições de investimento em irrigação, consolidou a posição do setor pela aprovação de um Novo Código Florestal e discutiu o destino da pecuária de corte em duas perguntas que ganharam o interior do Rio Grande do Sul: “De onde virão os terneiros?” e “Para onde irão os novilhos?”. Integrou ainda ações de produtoras rurais e jovens da Farsul, incentivando a representatividade desses grupos.
A trajetória é contada em cinco capítulos na publicação “Fórum Permanente do Agronegócio — 100 etapas”, com divisão por temas e 16 reportagens. Além de extensa pesquisa documental, foram consultadas mais de 50 fontes para construção do projeto, entre produtores, pesquisadores, professores universitários e lideranças do setor.
Para o superintendente da Casa Rural, José Alcindo Ávila, a publicação é um registro histórico de um período muito importante para a agropecuária gaúcha. “O Fórum Permanente do Agronegócio foi criado em um momento de evolução, quando a tecnologia chegava cada vez rapidamente. O Sistema Farsul tomou então como obrigação levar ao produtor rural as informações e o conhecimento”, disse.
O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, falou sobre a transformação do campo gaúcho nos anos recentes e destacou a 100ª etapa, que reuniu mais de 300 jovens do agronegócio em Gramado para discutir a atividade. “É uma força que surpreende a todos nós”, afirmou o dirigente.
A apresentação antecedeu o tradicional evento de lançamento das exposições e feiras na Casa da Farsul na Expointer. Também participaram do evento os diretores da Farsul Francisco Schardong e José Aurélio Silveira e o superintendente do Senar-RS, Eduardo Condorelli, além de convidados e representantes de sindicatos rurais.
voltar